AGROGAS
 

 

 

A metanização como meio para a diversificação dos recursos energéticos nos setores da agricultura, produção animal e agro-indústria

O projeto AGROGAS reúne seis sócios espanhóis, franceses e portugueses, e tem como objetivo possibilitar aos setores agrícola, agro-industrial e de criação de animais reduzirem o impacto ambiental causado pelos resíduos que produzem, melhorando ao mesmo tempo a eficiência dos recursos energéticos das zonas rurais, com vista a diminuir a sua dependência energética. A tecnologia selecionada para alcançar estes objetivos é a metanização.

Este projeto é financiado pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no âmbito do programa de cooperação territorial INTERREG IV B do espaço do Sudoeste Europeu (SUDOE). O espaço SUDOE reúne as regiões espanholas, francesas, portuguesas e britânicas (Gibraltar) do sudoeste europeu.

O CVR – Centro para a Valorização de Resíduos é única entidade nacional a integrar o consórcio formado por instituições provenientes de três países, Portugal, Espanha e França e onde se inclui:

- Agencia Extremeña de la Energía (Espanha);

- Fundación General de la Universidad de Salamanca (Espanha);

- Fundaçión Fundagro (Espanha);

- Institut National Polytechnique de Toulouse (França);

- École Supérieure des Technologies Industrielles Avancées (França).

Destaque

 
[VÍDEO] Há 20 anos a valorizar o futuro
20 anos contados por quem fez parte deste percurso. Veja o vídeo!
Título de Emissões para o AR (TEAR): o que precisa de saber sobre o pedido da licença
As instalações abrangidas pelo Regime de Emissões para o Ar (Decreto-lei n.º39/2018) devem ser detentoras de Título de Emissões para o Ar (TEAR). Os operadores que apresentem o pedido do TEAR até junho de 2023 ficam isentos do pagamento da taxa. Não sabe o que é o TEAR ou tem dúvidas sobre o pedido da licença? Veja o nosso artigo e saiba tudo sobre este processo.