Eco Sustainable Rail
Código do projeto | POCI-01-0247-FEDER-017972

 

 

Designação do projeto | Eco Sustainable Rail - Valorização de plásticos mistos no desenvolvimento de travessas de caminhos de ferro eco sustentáveis

Cofinanciado pela União Europeia através do FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no COMPETE 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização do Portugal 2020.

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Norte

Entidades beneficiárias | Extruplas - Reciclagem, Recuperação e Fabrico de Produtos Plásticos, Lda. (promotor líder); CVR - Centro para a Valorização de Resíduos; PIEP Associação - Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros

Data de aprovação | 30-08-2016

Data de início | 01-07-2016

Data de conclusão | 31-12-2019

Custo total elegível | 1.317.809,57€

Apoio financeiro da União Europeia | 845.477,90€ (incentivo FEDER)

 

Síntese
Descrição e objetivos

O projeto ECO SUSTAINABLE RAIL pretende valorizar plásticos mistos no desenvolvimento de travessas de caminho de ferro ecosustentáveis, que serão testadas em cenário real de funcionamento na Infraestruturas de Portugal (IP).
Globalmente, o projeto permitirá contribuir para a redução da deposição de plásticos mistos em aterro, responder a uma necessidade do sector ferroviário e permitir a expansão e diferenciação do portfólio de produtos da EXTRUPLÁS, permitindo reforçar o seu posicionamento no seu setor de atividade.
Este projeto pretende explorar a possibilidade da produção de um novo produto, de elevada exigência técnica e características específicas, a partir de uma mistura de plásticos provenientes da fileira dos plásticos mistos. Pretende-se atuar ao nível da valorização deste resíduo, para produzir um produto de elevado valor técnico - as travessas para linhas de caminhos de ferro. O objetivo final será o desenvolvimento de travessas de caminho-de-ferro ecosustentáveis (em fase protótipo), que serão testadas em cenário real de funcionamento.
O projeto apresenta ainda os seguintes objetivos específicos:
- Investigação e desenvolvimento de um novo material maioritariamente de plásticos mistos;
- Investigação de uma geometria de travessa (especificação do produto) que permita responder a questões funcionais de assemblagem, amortecimento e vibrações;
- Investigação de um novo processo produtivo que responda aos requisitos definidos para este tipo de produção;
- Desenvolvimento da análise do ciclo de vida e custo, assim como a avaliação ambiental das travessas testadas em cenário real;
-Testes e ensaios das travessas em situação real de funcionamento.

Destaque

 
Edição 370 da revista Keramica destaca artigo do CVR
Artigo para a revista Keramica, da APICER, sobre a circularidade de resíduos industriais na construção sustentável.
Participação do CVR no PapaChiclets e EcoPontas com ênfase no JN
O suplemento "Urbano" fez uma reportagem no Centro sobre os dois projetos.