UpCycle4Biz
Código do projeto | NORTE-01-0247-FEDER-113562

Cofinanciado por:

 

Designação do projeto | UpCycle4Biz - Upcycling Materials Towards a Circular Economy

Cofinanciado pela União Europeia através do FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no Norte 2020 - Programa Operacional Regional do Norte, Portugal 2020.

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Norte

Entidades beneficiárias | Síntese Binária - Engenharia e Sistemas de Informação, Lda.; F3M - Information Systems, S.A.; CVR – Centro para a Valorização de Resíduos; Estamparia Têxtil - Adalberto Pinto da Silva, S.A.

Data de aprovação | 29-07-2021

Data de início | 26-08-2021

Data de conclusão | 27-05-2023

Custo total elegível | 741.163,74 €

Apoio financeiro da União Europeia | 547.573,04 € (incentivo FEDER)

Síntese

Descrição e objetivos

O projeto UpCycle4Biz visa a criação de uma plataforma digital – UpValue, que funcionará como Marketplace onde empresas possam transacionar resíduos/subprodutos disponibilizados por outras empresas. Com esta plataforma pretende-se alavancar uma transição para uma Economia mais “circular” com impacto direto nos 3 pilares da sustentabilidade: Sustentabilidade Ambiental (valorização de resíduos/subprodutos); Sustentabilidade Económica (possibilidade de redução de custos ao nível das matérias-primas) e Sustentabilidade Social (fomentação de princípios de sinergias industriais através da criação de potenciais novas parcerias).

A plataforma digital UpValue apresenta um modelo de negócio sustentado na digitalização e nos princípios da economia circular. Por um lado, estará implícita a criação de uma base de dados digital de resíduos/subprodutos dos diferentes setores industriais, promovendo, assim, um avanço na digitalização do setor dos resíduos em Portugal. Relativamente à vertente económica, este modelo de negócio irá alavancar uma transição para uma economia mais circular na medida em que mantém os resíduos/subprodutos na cadeia de valor, inserindo-os num novo ciclo de vida através da incorporação dos mesmos num produto diferente. Dada a natureza holística da plataforma, será possível identificar oportunidades de incorporação de resíduos/subprodutos entre setores industriais diferentes, numa ótica de matchmaking entre resíduos/subprodutos e novos materiais e/ou produtos. Este matchmaking resultará numa base de dados que dará suporte ao nível de identificação de potenciais sinergias industriais, facilitando, assim, a ligação entre a empresa geradora de resíduos/subprodutos e a empresa interessada na incorporação do resíduo nos seus produtos. Por fim, tendo em conta a alteração do paradigma da cadeia de valor atual através do novo modelo de negócio impulsionado pela plataforma, é previsível uma redução dos impactos ambientais associados aos produtos. Esta validação será obtida através da ferramenta de avaliação de ciclo de vida (LCA- Life Cycle Assessment).

Destaque

 
Edição 370 da revista Keramica destaca artigo do CVR
Artigo para a revista Keramica, da APICER, sobre a circularidade de resíduos industriais na construção sustentável.
Participação do CVR no PapaChiclets e EcoPontas com ênfase no JN
O suplemento "Urbano" fez uma reportagem no Centro sobre os dois projetos.